Literatura, gênero e discursos marginais

Código: PLET-6505
Curso: Doutorado em Letras
Créditos: 4
Carga horária: 60
Ementa: Estudo de questões relacionadas ao caráter de "minoridade" do feminino e de outros discursos marginais (como o do negro, do homossexual, do terceiromundista etc.), considerados os conceitos de poder, dominação, transgressão, colonialismo, etnia, gênero e observados os processos de exclusão e renovação em cânones literários e culturais.
Bibliografia: 1. AGUIAR, Flávio & VASCONCELOS, Sandra Guardini T. (org.). Ángel Rama: literatura e cultura na América Latina. São Paulo: Edusp, 2001.
2. AHMAD, Aijaz. Linhagens do presente; org. Maria Elisa Cevasco; Tradução de Sandra Guardini Vasconcelos. São Paulo: Boitempo, 2002.
3. ALMEIDA, Julia. Narrativas de remoção: a diáspora negra entre memórias, deslocamentos e resistências. Literatura e sociedade, Vitória, n. 21, p. 90-100, 2015. Disponível em: www.revistas.usp.br Acesso em ago. 2016.
4. ALMEIDA, Julia. Sobre “viralatismo” e “pessimismo”: o discurso da inferioridade voluntária do brasileiro no entorno da copa de 2014. Revista (Con)textos Linguisticos.Vitória, n. 9, p. 111- 123, 2015. Disponível em: www.periodicos.ufes.br Acesso em ago. 2016.
5. ANZALDÚA, Gloria. Borderlands/La Frontera; The New Mestiza. San Francisco: Spinsters/Aunt Lute, 1987.
6. APPADURAI, Arjun. Modernity at Large: Cultural Dimensions of Globalization. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1996.
7. ASHCROFT, Bill et al. The Empire Writes Back: Theory and Practice in Post-colonial Literatures. London, New York: Routledge, 1989.
8. BHABHA, Homi K. O local da cultura. 1994. Tradução de Myriam Ávila, Gláucia Renate Gonçalves, Eliana Lourenço de Lima Reis. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.
9. BRANDÃO, Ruth Silviano. Literatura e Psicanálise. Porto Alegre: Editora da Universidade/ UFRGS, 1996.
10. BRANDÃO, Ruth Silviano. Mulher ao Pé da Letra: a Personagem Feminina na Literatura. Belo Horizonte: Editora UFMG/ Secretaria Municipal de Cultura de Belo Horizonte, 1993.
11. BUARQUE DE HOLLANDA, Heloisa (Org.). Pós-Modernismo e Política. Rio de Janeiro: Rocco, 1991.
12. CASANOVA, Pascale. A república mundial das letras. São Paulo: Estação Liberdade, 2002.
13. COSTA, Cláudia de Lima. Situando o Sujeito do feminismo: O lugar da Teoria, as Margens e a Teoria do Lugar. Travessia-- Revista de Literatura 29/30 (ago. 1994/jul 1995): 123-160.
14. COUTINHO, Eduardo (org.). Fronteiras imaginadas: cultura nacional/teoria internacional. Rio de Janeiro: Aeroplano, 2001.
15. FELMAN, Shoshana (Ed.). Literature and Psychoanalysis; the Question of Reading: Otherwise. Baltimore, London: The Johns Hopkins U.P., 1977.
16. FUNCK, Susana Bornéo (Org.). Trocando ideias sobre a mulher e a literatura. Florianópolis, UFSC, 1994. p. 17-22.
17. GARCÍA CANCLINI, Néstor. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. Tradução de Ana Regina Lessa e Heloísa Pezza Cintrão. São Paulo: EDUSP, 1997.
18. GILBERT, Sandra M.; GUBAR, Susan. The Madwoman in the Attic: the Woman Writer and the Nineteenth Century Literary Imagination. New Haven,
London: Yale University Press, 1979.
19. GILROY, Paul. O Atlântico Negro: Modernidade e dupla consciência. Tradução Cid Kniipel Moreira. São Paulo: Ed. 34; Rio de Janeiro: Universidade Cândido Mendes, Centro de Estudos Afro-asiáticos, 2001.
20. GLISSANT, Édouard. Introduction à une poétique du divers. Paris: Gallimard, 1996.
21. HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução de Tomaz T. da Silva e Guacira L. Louro. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2001.
22. HALL, Stuart. Da diáspora: Identidades e mediações culturais. Org. Liv Sovik. Tradução de Adelaine La Guardia Resende et al. Belo Horizonte: UFMG; Brasília: UNESCO-Brasil, 2003.
23. HARAWAY, Donna. Saberes localizados: a questão da ciência para o feminismo e o privilégio da perspectiva parcial (orig. 1988). Cadernos PAGUNúcleobde Estudos de Gênero, UNICAMP/ Campinas SP, n. 5- "Situando diferenças", p. 24-41, 1995.
24. HOLLANDA, Heloisa Buarque de (org.). Tendências e impasses: o feminismo como crítica da cultura. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.
25. KÜHNER, Maria Helena et alii. A Transgressão do feminino; Ensaios sobre o imaginário e as representações da figura feminina. Rio de Janeiro: Projeto Mulher/IDAC/PUC-RJ, 1989.
26. MARTIN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2003.
27. MIGNOLO, Walter D. Histórias locais/projetos globais: colonialidade, saberes subalternos e pensamento liminar. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2003.
28. MOREIRAS, Alvaro. A exaustão da diferença: a política dos estudos culturais latino-americanos. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2001.
29. NASCIMENTO, Jorge. Exclusão e globalização; racismo e cultura: In: PEREIRA, Edimilson Almeida (org.). Um tigre na floresta de signos: estudos sobre poesia e demandas sociais no Brasil. Belo Horizonte: Mazza, 2010.
30. ––––––. As margens nos meios: RAP, Literatura Marginal e mídias. In: ALMEIDA, Julia; MIGLIEVICH-RIBEIRO, Adelia; GOMES, Heloisa Toller (orgs.). Crítica pós-colonial: panorama de leituras contemporâneas. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2013.
31. ––––––. O Titanic afundou: Poesia e Cultura, Rap e Sociedade. In: Contexto, n. 19, vol. 1, jan./jun. 2011.
POLAR, Antonio Cornejo. O condor voa: literatura e cultura lattino-americanas. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.
32. RICHARD, Nelly. Intervenções críticas: arte, cultura, gênero e política. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2002.
33. RISÉRIO, Antônio. Textos e Tribos: Poéticas Extra-Ocidentais nos Trópicos Brasileiros, Rio de Janeiro, Imago, 1993.
34. SAID, Edward W. Orientalismo: o Oriente como invenção do Ocidente. Tradução de Tomás Rosa Bueno. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
35. Souza, Larissa S. B. ; VALENTIM, Jorge V. Marginais e subalternos: as vozes da periferia de São Paulo na cena literária. In: Antares – Letras e Humanidades. Vol. 6, Nº 12, jul/dez 2014
36. SPIVAK, Gayatri Chakravorty, The Post-Colonial Critic; Interviews, Strategies, Dialogues. Ed. Sarah Harasym. London; New York: Routledge, 1990.
SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Three Women's Text and a Critique of Imperialism. Critical Inquiry 12 (outono 1985): 243-261.
37. YUDICE, George. A conveniência da cultura: usos da cultura na era global. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2004.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910