O Universo Literário de Jovens Leitores: Relatos de Experiências

Nome: Patricia Rosicléia da Silva Sodré
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 25/06/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Arlene Batista da Silva Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Arlene Batista da Silva Orientador
Êudma Poliana Medeiros Elisbon Examinador Externo
Gabriela Rodella de Oliveira Examinador Externo
Letícia Queiroz de Carvalho Suplente Externo
Rafaela Scardino Lima Pizzol Examinador Interno

Resumo: A presente pesquisa de mestrado tem como objetivo analisar e interpretar as
experiências de leituras literárias vivenciadas pelos jovens alunos concluintes da
educação básica, em uma escola estadual de Ensino Médio, no município de Vila
Velha (ES). Para isso, optou-se pela pesquisa qualitativa de caráter exploratório,
realizada com os estudantes da terceira série, do turno matutino. Para a coleta de
dados, foi aplicado questionário online, em seguida, realizou-se entrevista individual
com seis alunos participantes, na tentativa de compreender como se dão as práticas
de leituras literárias desses jovens, como se configuram as apropriações e
representações dessas leituras pelos alunos e quais as experiências de leituras
literárias promovidas durante as aulas foram significativas para esses sujeitos. Entre
os autores que nortearam nossa pesquisa, bem como a análise dos dados estão:
Antonio Candido (1972, 2000), que trata da função humanizadora da literatura; Roger
Chartier (1999, 2002, 2013) com seus estudos sobre a História Cultural do Livro e
Práticas de Leitura; Michèle Petit (2009), que apresenta os trajetos singulares de
leitura dos jovens; Annie Rouxel (2012, 2013, 2014), com a experiência subjetiva da
leitura literária e Neide Rezende (2013), que aborda o ensino de literatura. O estudo
justifica-se diante a) do interesse pelas práticas de leituras literárias dos estudantes;
b) da necessidade de se conhecer as apropriações desses leitores literários
empíricos; c) da necessidade de se pensar em estratégias para ressignificar o trabalho
com textos literários em sala de aula; d) da percepção – tomada aqui como
pressuposto – de que para além das práticas pedagógicas ocorridas, conforme o
currículo escolar, esses sujeitos leitores possuem histórias interessantes de leituras
literárias para contar. Pretende-se com essa pesquisa contribuir para dar visibilidade
às experiências de leituras literárias dos alunos, inspirar novas abordagens
investigativas com vistas à melhoria do ensino da literatura para estudantes do Ensino
Médio e estimular as discussões acerca da educação literária, pensando em novas
abordagens metodológicas que divergem das tradicionais, a fim de motivar os alunos
a novas experiências de leituras.
Palavras-chave: Leitura literária. Sujeito Leitor. Experiências Literárias. Ensino Médio.
Práticas de Leituras Literárias.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910