Perfil do Profissional

Conforme estabelecido no Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Letras: Licenciatura dupla Português e Italiano:

"6. Perfil do Profissional

O objetivo da licenciatura dupla é formar profissional cujo perfil o caracteriza como:

- Inconformado e preparado para lutar por um ensino de qualidade e pela dignidade de sua profissão;

- Ciente das dificuldades epistemológicas, históricas, culturais, econômicas e estruturais da realidade do Ensino Fundamental e Médio;

- Que perspective o estudo e a prática como indissociáveis, de forma a colocar-se simultaneamente como professor e pesquisador, assumindo seu processo de conhecimento com paixão, envolvimento e de forma independente, evitando qualquer situação que implique tutela e desautorização pelo poder ligado ao saber;

- Capaz, ao mesmo tempo, de reconhecer suas dificuldades e carências, como aluno e contínuo aprendiz, estando sempre a caminho de equacioná-las;

- Que prefira um conhecimento político-transformador a um conhecimento conteudista-segmentado e esteja, portanto, imbuído da vontade de participar e de transformar, no lugar de reproduzir, repetir e de se adaptar;

- Consciente em relação ao lugar sociocultural das humanidades frente aos saberes “oficialmente” legitimados;

- Formado teórica e politicamente para reconhecer e posicionar-se em relação ao lugar estratégico da linguagem verbal em todas as relações sociais, sendo capaz de garantir o desenvolvimento linguístico de seus alunos na língua padrão e, ao mesmo tempo, de promover, através de seu ensino, o respeito e a convivência no seio da diversidade linguística e cultural existente na sociedade brasileira, lutando contra preconceitos e discriminações de toda a sorte;

- Preparado, também teórica e politicamente para defender o ensino de literatura numa sociedade cada vez mais imediatista, reconhecendo a importância do saber literário para o aluno do Ensino Fundamental e Médio e dotando-o de finalidade ao combater os velhos esquemas de ensino em que predominam a cópia, a memorização mecânica e a transcrição de textos alheios, que obliteram o potencial de significação da literatura para o autoconhecimento e o conhecimento da realidade circundante pelos alunos.

 

Do formando em Português-Italiano espera-se, além disso, que seja um profissional:

- competente no uso da língua estrangeira moderna que irá ensinar, mostrando domínio dessa língua nas modalidades oral e escrita, em termos de recepção e produção de textos;

- capaz de perceber a literatura produzida na Língua Espanhola e na Língua Italiana como meio de conhecer as realidades culturais dos povos falantes dessas línguas;

- crítico em relação às teorias que subjazem ao ensino da língua estrangeira, posicionando-se na escolha do material suporte que adotará em suas aulas;

- capaz de reconhecer no ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira as possibilidades de maior conhecimento de si mesmo, de sua própria língua, ao mesmo tempo em que conhece o outro e suas manifestações linguísticas."

         

 Texto extraído integralmente do PPC Letras: Licenciatura dupla Português e Italiano 

 

(Postagem atualizada por Prof. Dr. Roberto Perobelli de Oliveira, em 11 de fevereiro de 2016, às 12h01)

Transparência Pública
Acesso à informação
Reuni

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910